Vista parcial da minha cidade natal: Amparo, Estado de São Paulo, Brasil.


Seja bem-vindo(a) incansável seguidor(a) e amigo(a)!

Salve incansável e fiel seguidor(a)

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Reprise de Posts 7!


Hoje repriso a 6.ª postagem mais visitada no blog desde o seu início e que foi postada originalmente em 13 de Junho de 2011: 


Abelha linguaruda!


Cientistas descobrem abelha com a maior língua do mundo!

Órgão da 'Euglossa', nome científico da espécie, mede duas vezes o tamanho de seu próprio corpo!

BOGOTÁ - Um laboratório universitário de pesquisas da Colômbia descobriu que uma espécie de abelha encontrada há seis anos em uma reserva natural do sul do país possui a maior língua do mundo entre seus congêneres.

A língua da "Euglossa natesi n.sp.", nome científico da espécie, mede duas vezes o tamanho de seu próprio corpo, segundo um relatório publicado pelo jornal "UN Periódico".

A abelha tem comprimento total de 16,88 milímetros, por isso sua língua é a mais longa até agora no mundo, destaca a publicação, editada pela Universidade Nacional da Colômbia (UN), maior centro educacional público do país.

"Este inseto é particular, pois tem a maior língua encontrada até agora, que mede mais de duas vezes o tamanho de seu corpo", destaca o cientista Rudolfo Ospina, professor do Departamento de Biologia da UN.

Ospina ressalta que a língua desta espécie é uma característica que lhe permite ter acesso a fontes de néctar que outras abelhas não podem alcançar e, de quebra, polinizar plantas diferentes das orquídeas. Segundo ele, todas as espécies do gênero "Euglossa" são chamativas pelas cores vistosas e pela língua comprida.

A publicação informa que esta abelha foi localizada em 2005 na Reserva Natural Privada Río Ñambi, situada em Barbacoas, povoado do departamento de Nariño, próximo à fronteira com o Equador, pelos então estudantes de Biologia Víctor Solarte, Alejandro Parra e Santiago Ramírez.
O entomologista Carlos Sarmiento Monroy, do Instituto de Ciências Naturais da UN, disse ao periódico que os cálculos indicam que, no mundo, existem cerca de 20 mil espécies de abelhas, das quais cerca de 5 mil têm como habitat a América Latina.

A nova espécie recebeu o nome de "Euglossa natesi" em homenagem à diretora do Laboratório de Pesquisas em Abelhas da UN, Guiomar Nates, por sua contribuição ao estudo das abelhas.