Vista parcial da minha cidade natal: Amparo, Estado de São Paulo, Brasil.


Seja bem-vindo(a) incansável seguidor(a) e amigo(a)!

Salve incansável e fiel seguidor(a)

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Para que servem as Vitaminas do Complexo B?

O chamado complexo B é formado por um conjunto de vitaminas de grande importância para o nosso organismo.

Ao todo, são nove substâncias hidrossolúveis que atuam no metabolismo celular. 

No entanto, durante muito tempo acreditou-se que havia apenas uma vitamina B, que estaria presente nas carnes vermelhas e outros alimentos.


Somente com o avanço das pesquisas é que ficou comprovado que haviam diferentes vitaminas nesses grupos alimentares.

Vitamina B!


Importância do Complexo B:

As vitaminas do complexo B estão diretamente relacionadas com a nossa saúde mental. Por isso, elas são essenciais para o controle da depressão e da ansiedade.
Elas também tem papel importante na digestão, pois ajudam na quebra e absorção dos nutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras).
Algumas das vitaminas do conjunto ainda participam da produção do sangue, bem como ajudam a manter a saúde de diversos órgãos do corpo humano.

 

As 9 Vitaminas:

Agora que você já conhece um pouco sobre o complexo como um todo, vamos tratar de cada uma das nove vitaminas que o compõem:

Vitamina B1

A B1 é fundamental para o metabolismo de carboidratos, além de auxiliar na produção de sangue e ácido clorídrico. Quando ingerida em excesso, ela não traz prejuízos, pois o que excede é eliminado através das fezes.
Quem consome muito álcool pode ter a aborção dessa vitamina prejudicada, causando o problema conhecido com beribéri.

Vitamina B2

Ela já foi conhecida como vitamina G e atualmente é chama de riboflavina ou B2. No processo de digestão, ela é importante para o metabolismo de gorduras, carboidratos e proteínas.

Ela ainda é muito necessário para a fabricação de hemácias, bem como a produção de anticorpos. O consumo de alimentos que contenham essa vitamina ajuda na prevenção e tratamento da catarata.

 

Vitamina B3

Cientificamente conhecida como niacina, a vitamina B3 auxilia na redução do colesterol e melhora a circulação sanguínea. Por isso, seu consumo é de extrema importância para a prevenção de doenças cardiovasculares.
Ela também tem papel essencial para o sistema nervoso e produz o ácido clorídrico, que ajuda na digestão.

Vitamina B5

Também chamada de ácido pantotênico, a vitamina B5 é famosa pelos seu efeito antiestresses. Ela participa da formação de anticorpos e na produção dos hormônios suprarrenais.
Assim como outras vitaminas do complexo, a B5 converte lipídios e carboidratos em recurso energético para o organismo.

Vitamina B6

A piroxidina ou vitamina B6 está entre as mais importantes para o nosso organismo. Ela desempenha sozinha mais funções que qualquer outro nutriente. Diversas reações metabólicas dependem diretamente da presença dessa vitamina.
Sua atuação também é fundamental para a produção de hormônios que garantem o bom funcionamento do corpo como um todo.
Por auxiliar no metabolismo do triptofano, a piroxidina ajuda na saúde mental e emocional, melhorando o humor. Seu consumo ainda colabora para o fortalecimento do sistema imune.

Vitamina B7

A biotina ou vitamina B7 já foi chamada de vitamina H. Ela é de grande importância para a saúde dos cabelos e da pele. O consumo de alimentos que a contenham pode ajudar no controle da queda capilar.
A ingestão em quantidades recomendadas também auxilia no crescimento celular e metabolismo de outros nutrientes.

Vitamina B9

Tem papel fundamental para as funções cerebrais, sendo chamada de “alimento para o cérebro).
A vitamina B9 também participa da formação de hemácias e da produção de energia para que o organismo funcione adequadamente.

Vitamina B11

A B11 participa da formação de glóbulos vermelhos e do plasma sanguíneo, além de fortalecer o sistema imune. A ausência da vitamina pode levar a um quadro anêmico, causando cansaço e perda de apetite.

Vitamina B12

Níveis inadequados de vitamina B12 também são responsáveis pela anemia. Ela é muito importante para o crescimento e desenvolvimento normal das crianças desde a gestação.
É também necessário para formação do DNA, da medula óssea e do tecido nervoso.